Empreendedoras Negras – Exemplos de sucesso

Nem é preciso falar sobre as dificuldades das pessoas negras no mercado de trabalho. Mesmo com ótimas referências, tendo feito os melhores cursos e faculdades, estamos em desvantagem. Por causa de tudo o que todos já sabem, é importante estudar as estratégias para ganhar dinheiro e a melhor delas é empreender, abrindo o seu próprio negócio.


 A rapper curitibana Karol Koncá lançou sua linha de bolsas em parceria com a Soleah 

Uma das estratégias utilizadas por mulheres Negras costuma ser investir em mercados de nicho, sobretudo o étnico, seja na moda, seja na culinária ou na beleza. Grifes ligadas à moda africana têm a cada dia mais aceitação. Um diferencial – como apostar em moda infantil – pode fazer toda a diferença.

Culinária é outro segmento que costuma não ter erro. Mas é importante observar se o mercado não está saturado. Abrir uma lojinha onde se vende acarajé e cocadas no centro de Salvador pode ter uma aceitação bem menor do que em capitais de outras regiões do país. Muitas mulheres Negras ascenderam socialmente a partir da atividade gastronômica, mas esta é apenas uma das possibilidades


Ana Paula Xongani 

Bolsas, lenços e outros acessórios também costumam ser uma grande aposta, como podemos observar na trajetória de Ana Paula XonganiEla é estilista e atua também como youtuber e palestrante, e sua fala contundente a respeito de moda e estilo afro-brasileiro, militância, beleza negra, feminismo negro, empoderamento e autoestima da mulher negra, também contempla os desafios do empreendedorismo negro no Brasil. Em 2015, sua trajetória foi agraciada com o Prêmio EmpregueAfro, distinção que reconhece a contribuição de empreendedores na valorização da diversidade étnico-racial no Brasil.

Salões de beleza, produtos capilares e maquiagem também são alvos certeiros, principalmente se a própria dona e representante de suas marcas for a garota propaganda de seus produtos, como é o caso da Youtuber Mari Morena.

Mari Morena

É importante, no entanto, não se restringir somente ao nicho étnico. O mundo é muito vasto e nós somos pessoas complexas, com diferentes interesses e backgrounds e, por consequência, almejamos e nos identificamos com uma gama de temas tão diversos que fogem a qualquer estereótipo. O acesso às tecnologia, cada vez mais facilitado, possibilita ampliar nossas utopias; já o campo da criação de aplicativos e de sites de serviços ainda não encontrou limites para a criatividade humana. Ter uma boa ideia é o primeiro passo, afinal, algumas das mais simples costumam fazer a diferença. Desta forma você poderá revolucionar o mercado!

Os exemplos de sucesso não faltam, mas convém se precaver, analisando os setores a serem atacados pelo seu negócio, a concorrência, a necessidade de capital para investir e outros aspectos muito importantes. A melhor coisa a fazer, antes de tudo, é ir ao SENAC e procurar ajuda. Eles possuem  cursos gratuitos e profissionais que orientam às iniciantes.

Nenhum comentário

Antes de comentar, leia nossa política de comentários!

Tecnologia do Blogger.