quarta-feira, 20 de julho de 2016

[Opinião] As Caça-Fantasma



Eu tinha sentimentos conflitantes sobre o novo filme das Caça-Fantasma. Por um lado eu estava adorando ver uma franquia de sucesso ser protagonizado por mulheres e de quebra irritar o nerd homem cis branco hetero classe media que choravam capciosamente que estávamos destruindo suas infâncias. Por outro lado, nunca achei a franquia Caça-Fantasmas grande coisa, é uma comedia okay que tinha uma música tema muito muito boa.

Eu estava empolgada pelo filme, mas não esperava assistir nada de muito genial. Na quinta feira, estreia do filme, acabei indo ver com alguns amigos e fui surpreendida. Eu me diverti bastante, foi um ótimo passatempo, com personagens que me cativaram e superou minhas baixíssimas expectativas.

O filme tem o melhor roteiro? Não, o roteiro é bem simples, bem básico e o ponto é nem o filme dos anos 80 e nem o atual se propõem a ter um roteiro revolucionário que vai explodir a sua cabeça, a ideia é só ser um filme engraçadinho mesmo.



Esse é um filme super feminista empoderador revolucionaria contra todos os estereótipos opressores existentes? Não, novamente o filme nunca se propôs a fazer isso. Esse filme não foi criado como um discurso politico, o filme tão pouco se propõem a ser um grande blockbuster da propaganda feminista. Esse é só um filme decidiu que as protagonistas da historia seriam mulheres, essa roteiro sem modificação alguma poderia ser perfeitamente interpretado por homens sem perder nada do enredo.

E justamente o puro e simples fato de poderia ser um filme com homens, mas escolhemos mulheres protagonistas é que o deixa tão significativo. Não é preciso escrever histórias complexas, revolucionarias e que mostrem a injustiça social que mulheres sofrem por ser mulheres para ter protagonistas femininas, você pode simplesmente escrever uma historia e em vez de ser protagonizada por um homem, por uma mulher nessa posição. Simples assim. Se você está procurando discurso politico você foi no filme errado. E se você assistiu e viu um discurso politico, amigo, cê andou extrapolando o texto.

Outro receio que eu tinha era criarem um token da personagem da Leslie Jones. Única negra da equipe, única não cientista. Isso é bem incomodo, negros não podem ser formados com phd e seguirem carreira no campo cientifico? E de fato ela não é formada, ela trabalha no metro, mas ela é inteligentíssima, o conhecimento dela não é puramente o street smart, que seria o que chamamos de malandragem, não ela tem conhecimento histórico sobre a cidade de Nova York. Ela sabe quando, por que e por quem os prédios foram construídos, ela é realmente quem conhece e entende aquela cidade praticamente num sentido acadêmico historiador e isso é fundamental pra que as caça-fantasmas pudessem salvar o dia.



Todas na verdade são fundamentais, todas quatro tiveram sua oportunidade de brilhar e justificar sua presença naquela equipe e naquele filme, ninguém está ali pra fazer "a cota", só pra dizerem que o filme tem diversidade. Não, todas tinha uma função e um por quê de estarem ali.

Quase todos. Kevin, o secretario gostoso e burro, é o único papel que realmente traz um discurso em si. Ele existe para expor o ridículo que o papel das gostosas em filmes blockbuster. Esse papel é geralmente dado a uma mulher que não acrescenta nada a trama, tá ali só por que o protagonista homem a acha gata e por vezes atrapalha mais do que ajuda, por que por vezes tem que ser salva. E literalmente esse é o Kevin, o bônus é ele se comporta como um homem. Então ele acha que ele é líder da equipe, que faz tudo certo, que é um cara genial e espertão. E essa inversão escrachada e cretina que o torna hilário, piada não é ele, mas sim o que ele representa.

Eu não acho que todo mundo tenha que gostar de As Caça-Fantasmas, eu sei que existem pessoas com gostos diferentes do meu, mas se você não gostar desse filme o motivo não foi por serem mulheres protagonizando. Talvez você só não goste desse estilo de filme e se você gosta de Os Caça-Fantasma, deve existir um peso muito maior de nostalgia do que realmente há de qualidade ali.

Nenhum comentário:

Postar um comentário